Problema com pedal de Sustain Roland DP10

Estou escrevendo esse post pois tive um problema com o meu pedal de sustain Roland DP10 e não consegui encontrar muita ajuda sobre o tema na internet.

Para quem não sabe o Roland DP10 é esse pedal de sustain aqui:

Pedal Roland DP10
Pedal Roland DP10

Recentemente o meu apresentou o seguinte problema: ou ele nunca sustentava o som ou ele fica num sustain eterno. Não adiantava alterar a chave da posição “control” para a posição “continuous“, nem reconectar o pedal para inverter a polaridade.

Embora eu ache esses pedais Roland bem caros, eu já estava me conformando com a ideia de ter que comprar um novo, quando me deparei com esse vídeo no youtube:

 

Não gostei muito da solução, pois matar a placa secundária do pedal faz com que ele perca o fade-out do sustain. Em todo caso o vídeo me deu uma pista sobre o problema, então resolvi abrir o meu pedal. Com um multímetro eu identifiquei que os fios soldados à placa estavam sem continuidade com o conector.

Eu decidi substituir o cabo inteiro do pedal por um novo cabo de duas vias + terra.

Placa secundária do Roland DP10
Placa secundária do Roland DP10

No plug eu soldei os fios seguindo esse esquema:

Roland-Soldering Schema.png

 

Bom, é isso… essa manutenção me custou pouco mais de R$10,00 em componentes e mais ou menos 1 hora… bem abaixo do preço de um pedal novo e bem mais rápido que mandar pra uma assistência técnica.

Configurando placa Garen G1

Placa do motor garen basculante
Primeiro coloque o portão fora dos sensores de fim de curso, no meio do percurso de abertura ou fechamento, apertando pelo controle remoto ou pelo botão BOT localizado no canto da central. Encaixe e retire um jumper nos terminais RST e pressione novamente a tecla BOT. O portão deverá fechar totalmente. Caso o portão abra ao invés de fechar, inverta os fios do motor preto e branco de posição, mantendo o fio azul na central.

Programando os controles

Feche os terminais PROG com um jumper, e aguarde a central começar os procedimentos, por uns 5 segundos. Quando os leds vermelho e verde estiverem acesos sem piscar, aperte o botão do controle remoto que precisa cadastrar, e confirme no botão BOT da central enquanto o led verde estiver piscando (ao apertar o controle o led verde piscará indicando que recebeu o sinal). Após ser apertado o BOT da central, o botão do controle estará cadastrado. Faça o mesmo procedimento com todos os botões de controle remoto que quiser cadastrar.

Próximos passos: Cadastramento da função Automático e Semi-automático.

Retire o jumper dos terminais PROG, e em seguida, antes que os leds se apaguem, aperte o botão da central BOT por 3 vezes, com um espaço de 2 segundos entre elas. Após a terceira vez que apertar, os leds se apagarão e começará uma leitura do percurso.

Programando para semi-automático e com luz de garagem

Coloque o jumper no PROG, espere os leds se estabilizarem, e em seguida retire o jumper de PROG. Pressione a tecla BOT por 2 segundos, solte e em seguida pressione por mais alguns segundos. Cada piscada do led verde representa 1 segundo no tempo programado de fechamento automático. Conte o tempo desejado e libere o BOT da central. Os leds continuam em modo de programação, só que dessa vez aguardando para o tempo de Luz de Garagem. Pressione o BOT por alguns segundos, com o mesmo procedimento anterior, sendo que cada piscada do led verde significa 1 segundo do tempo a ser programado para a Luz de Garagem ficar acesa. Contado o tempo, solte o botão BOT, e novamente o motor fará seu ciclo de abertura total e fechamento para leitura do percurso.Caso a programação seja somente para alguma das etapas, siga os passos da configuração e aperte somente por 1 segundo o BOT nas etapas em que não quer contagem de tempo, nem acionamento automático.
Caso a configuração falhe em algum momento, o led vermelho poderá ficar aceso direto, então retire o jumper do PROG e coloque nos terminais RESET, retirando logo em seguida. Nunca ligue os terminais PROG e RESET ao mesmo tempo, pois pode danificar a memória da central.

Apagando a memória dos controles e das configurações da central

Feche o jumper nos terminais de PROG e aguarde os leds verde e vermelho se estabilizarem. Pressione e segure pressionado o botão BOT até que o led verde comece a piscar. Quando o led verde piscar a memória já estará apagada.

 

Microsoft investe em segurança e adquire empresa de tecnologia Israelense

A Microsoft está investindo pesado em tecnologias para assegurar a oferta de suas soluções de produtividade na nuvens, como o Azure e o Office 365.   A mais recente aquisição da gigante de Redmont foi a israelense Adallom, uma empresa de segurança que já tem em seu portfólio de clientes empresas como Dropbox, SalesForce e Box.

O  acordo foi anunciado através de um post no Blog oficial da Organização. Segundo a Bloomberg o montante da transação pode chegar à marca de $250 milhões de dólares.

Artigo: O curioso caso da prefeitura que teve seu sistema bloqueado por hackers

O sistema da prefeitura do município de Pratânia (SP), localizado a 271 km da capital paulista, foi invadido por hackers no começo desta semana. Os servidores públicos que chegaram para trabalhar na segunda-feira (31) encontraram os computadores com todos os programas e outras atividades da prefeitura criptografados, com acesso negado.

A pacata cidade, de apenas 5 mil habitantes, tem alta dependência do sistema da prefeitura. Quem tentou abrir algum arquivo ou realizar alguma ação no computador se deparou com uma mensagem em inglês que pedia um resgate de US$ 3 mil para restabelecer o serviço. O e-mail ainda informava que nenhum desconto poderia ser aplicado e que o suposto hacker pode provar que está em posse dos arquivos roubados. 

Leia a matéria na íntegra lá no Tecnoblog.